Logo Ilimitado

⤹ Inscreva-se no YouTube⤵

Em vídeo, vereadores justificam aumento salarial que gerou revolta nas redes sociais

Publicado às | 7.6.17
Por Andreyver Lima:
Ainda durante sessão projeto gerou revolta nas redes sociais
Numa eficiente sessão ordinária que aconteceu nesta terça-feira (6), dia incomum, já que normalmente acontece nas quartas, os vereadores aprovaram por 19 votos a 0, projeto que "revisa" os próprios salários. Dos 21 vereadores, Jairo (PCdoB) e Charliane (PTB) faltaram. Milton Gramacho (PRTB) chegou a tempo da segunda sessão e votou a favor.
É unânime a justificativa dos edis quando perguntados sobre a aprovação do projeto, segundo eles a Câmara passada não havia feito o último reajuste de salário, aprovado em 2012, e era necessária essa recomposição. Os vereadores dizem ter aval do Tribunal de Contas do Município (TCM).

Projeto estava na ordem do dia
AUMENTO TAMBÉM PARA SERVIDORES
Além do parecer favorável do TCM, eles alegam que o reajuste foi aprovado pois é extensivo aos servidores municipais.

A REVOLTA NAS REDES
Ainda durante os trabalhos, a notícia do aumento de 6,5% começou a circular nas redes sociais e grupos do WhatsApp, gerando burburinho entre os vereadores que não largavam seus Smartfones.
O barulho provocado nas redes agilizou o andamento dos trabalhos, já que na mesma tarde o projeto foi votado pela segunda vez, dando prosseguimento à sanção pelo executivo. Muitos itabunenses postaram seu posicionamento após noticias da aprovação.



---