Logo Ilimitado

⤹ Inscreva-se no YouTube⤵

O sabor do otimismo

Publicado às | 17.2.16
é chocolate! A região que também produz o cacau, agora tem o melhor chocolate do mundo. Uma prova saborosa de que o sul da Bahia reencontrou seu caminho.


Acima: Marco Lessa. Sócio da ChOr, com Luana Lessa. Não se fala de chocolate por aqui sem citar essa figura. A marca já tem franquia móvel em pontos estratégicos nos aeroportos de Salvador, Recife e Ilhéus.

Loja da ChOr
Ainda em Ilhéus, a loja Chocolat, conta com outros derivados do cacau, como cervejas de chocolate e vinho de cacau.


Desde 2009, Lessa faz o Festival Internacional do Chocolate e Cacau acontecer, e no ano passado foi um dos cem a figurar nos mais influentes do agronegócio brasileiro pela revista Istoé Dinheiro Rural.


Stand Cacau BA no Salão de Paris

No Pará ou em Paris, Marco, nos diversos salões do ramo, tem levado nossa bandeira. Além dele, temos outras provas de que é um movimento de transformação da realidade do mercado do cacau e da indústria de chocolate na região.

No fim do ano passado, foi lançado o primeiro curso de pós-graduação em cacau e chocolate da região. As aulas na Faculdade de Ilhéus começam ainda este mês. Comemore.



Na política, o deputado federal Davidson Magalhães, que em 2015 promoveu uma audiência pública para tratar da cacauicultura e produção de chocolate, além do drawback, tem um projeto de lei que que proíbe o comércio de cacau com empresas estrangeiras que praticam trabalho escravo.
Os produtores locais curtiram isso

As dificuldades são muitas, mas para elas temos chocolate. O sabor do otimismo.
...



O filme ao lado está em cartaz e conta a história de Rafel Padilha, que nasceu em Cuba em 1868 e foi vendido quando ainda era criança. Filmão! Falo dele num próximo post.