Logo Ilimitado

⤹ Inscreva-se no YouTube⤵

Manzuá: Poesia sonora em seu primeiro disco

Publicado às | 10.11.14

Na região onde você mora, Manzuá pode ter significados diferentes e se você for do sul do país então, nem se ouve essa palavra.
Manzuá é uma armadilha usada por pescadores na extração do camarão e do pitu, muito comum no litoral baiano.
Com nome igual a banda Manzuá também é uma armadilha. O som dessa turma te prende e a sonoridade te relaxa.

[ SUGIRO DAR O PLAY, ANTES DE PROSSEGUIR COM A LEITURA ]



Em 2009 os amigos: Brisa, Mither, Laísa e Marcelo se juntaram para fazer um som num casamento, de maneira amadora, o que não deixou de ser uma missão, já que passaram um mês construindo e ensaiando o repertorio para o evento. O casamento deu certo, tanto para os noivos, quanto para o novo grupo que surgia.
Ainda em meados daquele ano, aconteceria o Festival Mutiarte da FICC, e João Solari (na guitarra) completou o grupo. Naquele momento a Manzuá nascia oficialmente.

A naturalidade com que o som flui através dos vocais e dos instrumentos do grupo, está sendo documentada pela primeira vez em um CD que está em fase de produção.
'Dos 5 anos de banda, há pelo menos 3 a gente pensa nesse disco. A melhor forma de firmar e divulgar um trabalho autoral é gravando o disco"
Para a concretização deste sonho, eles ultilizaram uma plataforma de colaboração, pedindo dinheiro mesmo aos fãs e admiradores do grupo. E deu muito certo.
Faltando ainda uma semana para o prazo estipulado pelo site, eles conseguiram 100% do financiamento. Gravação, masterização, prensagem e lançamento do primeiro CD autoral da banda.
Nosso disco traduz bastante o que nós somos. Cada música que vai entrar para o disco é um pedaço do que nós construímos nos últimos 5 anos."


O que nos resta agora é aguardar o lançamento que ainda não tem data definida. Quer conhecer mais a turma boa da Manzuá? Acesse aqui o site ou curta a página no facebook.